23172941_1091297047679764_2518161393204143486_n

Entrevista Projeto Curadoria

Entrevista publicada 09/11/2017 originalmente no Projeto Curadoria, de Nini Ferrari.

23172941_1091297047679764_2518161393204143486_n

Meu nome é Bruna, tenho 25 anos, sou economista e há 3 anos criei o Rotina & Rabisco, um projeto de versos e ilustrações sobre o cotidiano. Atualmente atuo na área da ilustração, artes visuais, tatuagem e pintura de murais.

Bruna Vettori por Projeto Curadoria
// QUAIS FERRAMENTAS VOCÊ UTILIZA PARA SE EXPRESSAR?
 

Tinta (e sentimento).

// QUAL SUA MAIOR MOTIVAÇÃO PARA CRIAR? O QUE TE INSPIRA?
 

O Rotina é um projeto sobre o cotidiano, então procuro estar sempre aberta e atenta para observar meu dia a dia pois qualquer coisa pode virar uma poesia ou arte.

// COMO É O SEU PROCESSO CRIATIVO?
 

Não sigo uma regra, apenas me comprometo de ter sempre comigo caneta para registrar as ideias no momento que elas surgirem. Ilustro e escrevo praticamente todo dia, é uma forma de me conectar comigo e aprender no processo.

// O QUE VOCÊ FAZ NO SEU DIA A DIA PARA SE MANTER CRIATIVA?
 

Gosto de me comprometer diariamente com minha obra, acho que a criatividade é um músculo que precisa ser estimulado e trabalhado, senão fica fora de forma. Acredito no dom, mas admiro a constância e a dedicação, essas sim fazem a diferença em qualquer coisa que a gente faz.

Bruna Vettori por Projeto Curadoria
Bruna Vettori por Projeto Curadoria
// QUAIS OS SEUS TRABALHOS OU PROJETOS PREFERIDOS? QUAL O MOTIVO?
 

Tenho me apaixonado perdidamente por murais, escrever minhas poesias no muro tem sido muito especial pois sinto que isso toca as pessoas de uma forma diferente. Desde o inicio do Rotina eu publico na internet e quero continuar fazendo… Mas levar a arte pra rua é uma revolução, é inclusivo, transformador.

Bruna Vettori por Projeto Curadoria
Bruna Vettori por Projeto Curadoria
// VOCÊ TEVE ALGUM MARCO IMPORTANTE NA SUA CARREIRA OU UM MOMENTO DECISIVO? COMO ISSO INFLUENCIOU SUA TRAJETÓRIA?
 

Logo com um ano de projeto, fui convidada por uma editora para lançar um livro na Bienal do Rio (2015). Foi um marco super importante porque me fez perceber como o Rotina era importante pra mais gente, e que ele ia mais longe do que eu podia imaginar. Encontrar os leitores ao vivo foi um momento muito especial, a tatuagem também me proporcionou encontros lindos, gosto desse contato pessoal.

Bruna Vettori por Projeto Curadoria
Bruna Vettori por Projeto Curadoria
// QUAIS SÃO SUAS INFLUÊNCIAS, INSPIRAÇÕES OU ARTISTAS PREFERIDOS? COMO ISSO SE REFLETE NO SEU TRABALHO?
 

Gosto de muita coisa, de trazer referências de outras áreas, de coisas que aparentemente não tem nada a ver com o que faço. Eu poderia listar dezenas de inspirações, mas hoje vem na minha cabeça dois grandes poetas, Fernando Pessoa e Leminski. Acho que eles tocam muito em mim, e certo que influenciam minha poética também. Falando aqui, também lembrei de um livro que foi muito importante ano passado pra mim, se chama A Grande Magia.

Bruna Vettori por Projeto Curadoria
Bruna Vettori por Projeto Curadoria
// AINDA EXISTE ALGUM PRECONCEITO EM RELAÇÃO A MULHER SE EXPRESSAR LIVREMENTE? VOCÊ SENTE ISSO NO SEU TRABALHO?
 

Certo que sim, vivemos num mundo que ainda está buscando esse equilíbrio de direitos e igualdade de gênero… Respeito muito a luta de cada um, e a história que cada pessoa carrega… E confio que a arte é uma forma bem bonita e madura de conquistar espaço e respeito mostrando o que somos e sentimos. Acredito na revolução através dela.

Bruna Vettori por Projeto Curadoria
Bruna Vettori por Projeto Curadoria
// E O QUE TE FAZ FELIZ?
 

Ser leve, estar presente e atenta à magia que está acontecendo ao meu redor.

// QUAIS DICAS VOCÊ DARIA PARA OUTRAS MULHERES POTENCIALIZAREM SUAS CRIAÇÕES?
 

Não acredito em fórmulas prontas, mas posso dizer que meu trabalho ganhou muita força quando passei a crer pra caramba no que eu fazia. Não adianta ter dom, ter talento ou mesmo oportunidade se a gente não acredita de todo coração. Esse para mim é o primeiro passo, acreditar e manter a constância, buscando sempre aprender.

// VOCÊ TEM ALGUM NOVO PROJETO EM ANDAMENTO?
 

O Rotina é um projeto constante, sempre em transformação. Hoje vivo em Milão e tenho me experimentado no universo da arte e dos murais. No meu Instagram é possível acompanhar um pouco da jornada criativa, de descobertas e aprendizados. Cada vez mais, busco levar a verdade dos meus sentimentos para dentro da minha obra… Espero que gostem!

Bruna Vettori por Projeto Curadoria
Obrigada Nini pela oportunidade de falar do meu trabalho :)
Confira a entrevista completa aqui>>
24177053_1103627229780079_6048827684594806462_n

Sentimento all’improvviso

Sentimento all’improvviso
Um ensaio entre arte, poema e instinto.
Sobre os sentidos que existem nas entrelinhas.
Sobre tudo aquilo que não se traduz, só se sente,
Sobre o nada que faz o todo existir.

IMG-9450
A artista Bruna Vettori é natural do Brasil e, atualmente, reside em Milão.
Bruna é autora do projeto artístico sobre o cotidiano chamado ˜Rotina & Rabisco˜.
Economista por formação, desde 2015 se expressa através da ilustração e da poesia, com estilo minimalista e caligrafia autoral. Como artista visual, está sempre se desafiando a encontrar novas linguagens para se expressar criativamente. Atua no ramo editorial, nas artes visuais, e também está presente no universo da tatuagem e dos murais urbanos.

IMG-9338
Recém-chegada na Europa, Bruna inaugura sua primeira exposição individual em Milão, “Sentimento all’improvviso”, com inauguração no dia 23 de novembro, no UnionClub (Citta Studi – Milano). A Mostra segue em exibição durante todo o mês de dezembro. Para mais informações sobre as obras, contate pelo email> rotinaerabisco@gmail.com

IMG-9987

IMG-9293

24293961_1103627713113364_5094127147809315025_n

24177053_1103627229780079_6048827684594806462_n
IMG-9947

IMG-9949

IMG-9294

FullSizeRender

FullSizeRender_2

 

O evento foi divulgado pelo site Tamtam Milano e na Gazzetta dello Sport no dia 27/11/2017  :)

Captura de Tela 2017-12-02 às 17.27.18

Prestar Atenção com o Coração| 40x40cm|Acrilica e Posca s/ Canson 200

Exposição Sincronicidades

Amor da Cabeça aos Pés| 40x40cm|Acrilica e Posca s/ Canson 200

Amor da Cabeça aos Pés| 40x40cm|Acrilica e Posca s/ Canson 200

Prestar Atenção com o Coração| 40x40cm|Acrilica e Posca s/ Canson 200

Prestar Atenção com o Coração| 40x40cm|Acrilica e Posca s/ Canson 200

Mergulhe| 40x40cm|Acrilica e Posca s/ Canson 200

Mergulhe| 40x40cm|Acrilica e Posca s/ Canson 200

 

E se a vida fosse como um filme, e cada acontecimento tivesse uma razão de ser, um encaixe, um momento?
Tudo em seu lugar: percalços, desafios, tristezas e recompensas. Pequenas e grandes descobertas. Guinadas no roteiro, clímax. Percepções. Filmes muitas vezes acontecem na troca de olhares, na trilha sonora, no silêncio. Tudo em sincronia.Os personagens se conhecem, interagem, vivem conflitos entre si, crises, compartilham, acrescentam, partem e permanecem. São alegres e tristes, estão vivos, brincam. Tudo dentro de uma película. Começo, meio e fim. A vida não é como um filme, de fato. Os filmes é que são como a vida. A arte imita a vida tanto quanto a vida parece imitar a arte.
Sincronicidade. Almas que vibram em uma mesma frequência e se conectam. De fora pra dentro e de dentro pra fora. Vamos vivendo, as histórias do roteiro da vida vão se sobrepondo umas às outras, assim como os personagens, e às vezes tudo parece não fazer sentido algum. Arrependimentos e dúvidas. Medos, vontades. Será? Não conhecemos a sinopse. Mas seja agora ou depois, depois ainda ou mais além, o enredo se esclarece. A gente desperta. Dentro de nós algo muda, uma cortina se abre. Existe ali todo um mundo que a gente não via. Não nos sabíamos, e de repente agora somos todos parte do mesmo todo. Acordados. Unidos. Um grupo infinito de almas atentas e intuitivas sintonizando na mesma frequência. Dentro de cada um de nós existe um pequeno quarto com uma grande porta esperando para ser aberta. Roteiro de filme de fantasia. Roteiro da vida na Terra. Abrir a porta de nós mesmos é adentrar um mundo mágico, tão mágico que é o único possível, o único real. Aqueles que abrem a porta se unem à espera dos demais. Cabe todo mundo nessa mesma frequência. Basta que haja sincronicidade.

Texto por Babi Vanzella.

para Exposição Sincronicidades | Florianópolis – 2016

capa

20663832_1048490701960399_9123473341476655492_n

Rotina & Rabisco + Hostelworld

20663832_1048490701960399_9123473341476655492_n

Já pensou que lindo seria a gente viver todo dia com a alma de viajante? Ciente das partidas, a presença se torna muito mais especial. Que saibamos perceber a transitoriedade da vida para dar valor a cada instante.

Em 2017 comemoro três anos que vivo com as mãos sujas de tinta, a cabeça cheia de ideias e uma mochila imensa nas costas… Já são três anos que meu coração funciona feito bússola, que faço do mundo o quintal de casa, que conheço cada vez mais os caminhos de dentro. São infinitas histórias, idas e vindas, altos e baixos, desafios e oportunidades. Esses tempos realizei que não sou mais apenas um projeto artístico, não existe mais separação entre a Bruna e o Rotina. Aqui é onde a vida real acontece, onde eu aprendo, me conecto, me renovo, onde respiro e me inspiro. E sabe, é na estrada que a magia acontece, porque viajando eu reparo muito mais nas poesias cotidianas… Elas já estão ali, nas curvas da vida, esperando para serem notadas.
Viajar me ensinou muitas coisas, a ter coragem, a encarar o mundo nos olhos, a acreditar que o bem existe. Também a pertencer, a ter leveza, a viver o agora porque tudo está sempre de passagem. Viajar é colecionar poesia, sorte de quem vê. Que eu nunca perca a capacidade de sentir, a força de seguir, a leveza de apenas ir.

Essa arte eu produzi em parceria com o @hostelworld. A quem interessar possa, o @hostelworld é uma plataforma linda que integra hostels do mundo todo. É ali que encontro minhas hospedagens, que descubro o mundo, que conecto com pessoas, é ali que toda a magia se inicia.

Durante o mês de Julho levei um pouco de poesia e arte para Curitiba, Ilhabela, Sao Paulo e Rio de Janeiro em parceria com o Hostelworld. Em cada cidade, coletei um punhado de memórias, me inspirei com as particularidades de cada lugar. Também tive a felicidade de deixar um pouco da minha arte em cada canto que passei. Gracias Hostelworld pela confiança e parceria. Seguimos juntos! 

 

Ande sem rumos,

parta sem destino,

sinta os vazios e seus infinitos.

apenas vá

e deixe ir.

22154299_1075099162632886_6070035460659298163_n

Come inside

22154299_1075099162632886_6070035460659298163_n

Me conte seus atrevimentos
Seus sonhos de gaveta
Fale das musicas que vocês escrevia na adolescência
Do seu sonho de ser um rockstar
Me conte o que de bom você viveu hoje
Do pôr-do-sol que viu no trânsito das 6
Daquele dia que você riu até faltar ar
Fale de coisas bonitas
Das suas loucuras mais sãs
Do que já fez por amor
Do cheiro de bolo da sua mãe
Fale um pouco dos planos que você sonha em realizar
Arrisque mas não perca tempo
com teorias pra explicar sentimento
Me diga o quanto é grato por viver
esse momento
E o que faz hoje por si mesmo
Como está aprendendo a se perdoar.
Conte das feridas que ainda não cicatrizaram
Das coisas do mundo
que você sonha em mudar
Confesse pra mim as suas falhas
O medo que tem dos domingos à noite
E as incertezas que te seguram pela mão quando você tenta voar
Mas fale também da sua coragem
Dos pequenos passos
que antecederam grandes saltos
De tudo que tem feito para ressignificar
Divide também seu silêncio
ensina pro mundo a sua valsa
Respeita seu ritmo,
Respira fundo se precisar de ar.
Só não deixa de seguir
permite sempre o amor existir
Mostra pro mundo a luz que irradia de ti.
Conecta com o universo e com os cosmos
Mas não esquece
de olhar no fundo dos olhos
Transborda quando precisar
segue o fluxo do rio
E se entrega aos mistérios do mar
Valoriza a grandeza
que você é aqui e agora
Fale do que passou,
e de onde almeja chegar
Segue sua história com força e leveza
Repara na magia oculta das coisas
Deixa a intuição te guiar.
Usa o sorriso no rosto como bússola
E o coração pra gente sempre se conectar.

by Bruna Vettori | Outono de 2017 | Milano.